loader image
Primeiros Passos
CONFIRA TODAS AS FORMAS DE AGIR
1 2 3 4
5 6 7 8
9 10    
Crise climática
Os efeitos negativos da crise climática podem ser reduzidos por meio de um dos mecanismos mais eficientes de captura de carbono: o plantio de árvores. Árvores e plantas absorvem CO2 da atmosfera durante a fotossíntese, o processo responsável pelo seu crescimento. Esse CO2 se acumula nos troncos, galhos e folhas enquanto o restante é transferido para as raízes e para o solo. Isso faz com que as florestas representem os maiores estoques de carbono do mundo.

Os quase 8 milhões de hectares de área de plantio florestal no Brasil são capazes de estocar quase a totalidade das emissões brasileiras no ano de 2018 (1,9 bilhão tCO₂e) — essa é a chamada neutralização de carbono por plantio de árvores.

No entanto, vemos a quantidade de árvores e de florestas nativas diminuir a cada ano. Desde o início da agricultura (há 12 mil anos), estima-se que o número de árvores no mundo foi reduzido em 46%. Só o Brasil perdeu 82 milhões de hectares de vegetação florestal entre 1985 e 2018. As florestas, que representavam 69% do território brasileiro em 1985, passaram a ocupar 59% em 2018. E ao longo de 2019, 1,2 milhão de hectares de vegetação nativa foi destruído em 56 mil pontos de desmatamento, sendo que 99% desse desmatamento foi ilegal.

Por conta disso, é essencial colocar em prática estratégias de restauração florestal. Com uma capacidade adaptativa incrível, a natureza pode conseguir se regenerar mesmo em áreas que sofreram profundas alterações só com a ajuda do tempo e de processos naturais. Precisamos incentivar iniciativas de conservação, restauração e plantio de árvores. E também colocar a mão na massa, plantando árvores ou atuando em projetos de arborização de cidades.

Veja o impacto positivo que isso pode gerar:

Se 1/3 dos brasileiros plantar 1 árvore cada, o total de CO2 equivalente que será capturado por elas ao longo de 1 ano é similar às emissões decorrentes da geração de energia elétrica capaz de suprir a demanda diária de 4,8 milhões de residências brasileiras ao longo desse mesmo ano!

COMO COMEÇAR

Plante árvores: dê preferência para espécies nativas de sua região, cujo cuidado é mais viável. Para que o plantio seja feito de maneira correta, estude o espaço disponível e escolha a espécie a ser plantada considerando o tamanho que ela pode ocupar e se gosta de locais secos e com sol ou úmidos e com mais sombra.

Compense a sua pegada de carbono: o Idesam oferece uma calculadora que leva em conta informações sobre seu estilo de vida para obter a quantidade de árvores que você deve plantar para neutralizar a quantidade de carbono emitida em um ano.

Participe de projetos de plantio de árvores: os grupos Verdejando e Instituto Árvores Vivas promovem mutirões em diversos locais da cidade de São Paulo. Já o Muda é focado na recomposição da mata ciliar por meio do plantio de mudas de árvores nativas da Mata Atlântica.

Privilegie marcas e empresas que neutralizam suas emissões: busque por aquelas com a certificação do IBDN – Instituto Brasileiro de Defesa da Natureza, que significa que compensam as emissões de carbono causadas pela sua cadeia produtiva e por eventos que realizam, entre outros.

ENTRE NO CLIMA
Prof. Guilherme Goulart
Na videoaula (12 min), o professor de biologia explica o processo de fotossíntese das plantas e a sua relação com a captura de CO2.
eCycle
O vídeo (2 min) explica como funciona a neutralização de carbono e a sua importância, destacando o papel do consumidor em apoiar empresas e marcas que abordam essa questão em seus processos produtivos.
Uol Ecoa
O material traz o passo a passo para você plantar uma árvore, da escolha da espécie à preparação do solo para receber a muda.
Plant for the Planet
Presente no Brasil, movimento global criado por crianças e adolescentes busca plantar árvores no mundo todo para reduzir os efeitos da crise climática. Qualquer um pode participar dos projetos, tentar ser um embaixador da iniciativa ou fazer doações para ela.
E-book Primeiros Passos: Crise Climática
Um e-book com informações extras sobre a relação entre escolhas mais sustentáveis e o combate à crise climática. Para ler, se inspirar e compartilhar.
Quero baixar
Por favor, preencha os dados para baixar o seu e-book.